sexta-feira, 23 de julho de 2010

Quem sente vive

Você mudou minha vida, me curou, eu sei que nasci para você, vou cuidar de você até os últimos dias da minha vida. Você disse que tenho qualidades como transparência, humildade, benevolência, compaixão, sinceridade, obstinação, retidão de caráter, fortaleza... Disse que acha não existir palavras inventadas pelo homem para nomear, mas a verdade tudo isso é você meu Amor, eu sou apenas cara que te ama.
Você deu os melhores sentimentos em minha vida, o que sinto por você não tem mentira, falsidade é só o Amor... Eu te amo e é puro e verdadeiro. Eu me sinto o mais forte dos homens por ter você, mas às vezes sou menino e quando sou menino fico meio bobo, falo besteiras e posso errar, mas nunca farei você sofrer, você é tudo que eu tenho em minha vida Amor.
Perdão, por favor? Jamais imaginei que faria você sofrer, meu arrependimento não passa, minha culpa é terrível. Eu quero cuidar de você até o fim dos meus dias! Pede o que quiser que eu te darei. 
Não sei mais o que dizer e pedir para nosso Amor ser eterno. Não me deixa, por favor!!!
Eu te amo.

Um comentário:

Day disse...

Senti bastante sinceridade nesse texto: do início ao fim!
Vc falou de coisas que, infelizmente, hoje, estão ausentes no mundo! A simplicidade e o romantismo remetem ao bom caráter de alguém. Poucos podem possuí-los e desfrutá-los; tudo isso porque essas são características de pessoas especiais, e especial é sinônimo de raridade! O amor é coisa pura, portanto, poucas pessoas o notam! Parabéns pelo seu texto, Roberto! =)