sábado, 31 de julho de 2010

Ciúmes

Sei que algumas das minhas atitudes lhe deixam bastante aborrecida e sei que você tem razão de se aborrecer com este meu ciúme doentio. Sei que o pior veneno para uma relação afetiva é o ciúme e tento me controlar, mas muitas vezes não consigo... Tenho ciúmes por que Amo Você.
Gostaria de fazê-la entender que é doloroso carregar este tipo de sentimento. Não se trata exatamente de desconfiança ou suspeita em relação a você, é mais do que isso, infelizmente. Porque este sentimento brota independente do meu desejo, é algo patológico, como uma doença; e se é ruim para você suportá-lo, também me causa muito sofrimento conviver com ele.
Gostaria que você entendesse que a pessoa ciumenta, por mais que tente, não consegue raciocinar diante de algumas situações e, principalmente, se controlar diante de pequenas dúvidas. Para alguém ciumento como eu, as mínimas suspeitas ganham uma dimensão fantástica e delirante, doentia mesmo. Quando sou acometido de ciúme, o limite entre imaginação e certeza se torna muito tênue, e eu sofro demais! Eu não cuidarei mais do seu twitter, orkut, o que quer que seja, ficar em meu canto e esperando que tudo de certo. Não tenho direito de cuidar da sua vida como estou fazendo (sufocando), tudo já é difícil eu preciso parar.
Sei que isto é muito ruim de mais, sei que é péssimo para nós dois, mas peço-lhe para ter um pouco mais de paciência, por favor, pois eu vou procurar ajudar para tentar me livrar deste mal. Prometo! Eu Juro!

Nenhum comentário: